Roberto Gonçalves

"Tudo vale a pena quando a alma não é pequena"

Textos


                                         Um beijo
                                      

Foste o beijo melhor da minha,
ou talvez o pior... Glória e tormento, 
contigo à luz subi no firmamento, 
contigo fui pela infernal descida!

Morreste, e o meu desejo não te olvida:
queims-me o sangue, enche-mes o pensamento, 
e do teu gosto amargo me atormento, 
e rola-te na boca mal ferida.

Beijo extremo, meu prêmio e meu castigo, 
batismo e extrema unção, naquele instante
porque, feliz, eu não morri contigo?

Sinto-me o ardor, e o crepitar te escuto, 
beijo divino! e árduo e delirante,
não perpetua a saudade
de um minuto.

                             Olavo Bilac
 
Olavo Bilac
Enviado por RG em 26/08/2013
Alterado em 27/02/2014


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras