Roberto Gonçalves

"Tudo vale a pena quando a alma não é pequena"

Textos


Vexame

E agora?
Nosso diálogo
virou monólogo.
Nosso ninho
virou ruina.
Nossa flor
virou semente
e a terra anda tão doente,
que eu não sei se ela vai nascer...

E agora?
Nossa conversa
virou recado.
Nosso destino 
virou sina.
Nosso amor virou ódio
e deste segundo episódio
eu só tinha ouvido contar...

E agora?
Nossa reza
virou pecado.
Nosso radinho
foi roubado.
Nosso rancor virou costume
e estou tão acostumada, 
que nem vejo o meu vexame.

Mônica de Catella Noronha
Mônica de Catella Noronha
Enviado por RG em 04/07/2014
Alterado em 04/07/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras