Roberto Gonçalves

"Tudo vale a pena quando a alma não é pequena"

Textos


Ars Poética

Um poema deve ser palpável e mudo
Como um fruto redondo
Surdo
Como antigos medalhões sob o polegar
Silente como a pedra gasta dos peitoris
Onde o musgo cresceu entre caixilhos -
Um poema deve ser calado
Como o vôo dos pássaros

Um poema deve ser imóvel no tempo
Como a lua sobe,
Desprendendo, como a lua desprende
Galho a galho, as árvores do seu noturno enredamento,
Desprendendo, como a lua desprende as fôlhas hibernais,
Lembrança após lembrança, o pensamento -

Um poema deve ser igual a:
Não verdadeiro
Para contar a dor bastam
Uma porta aberta e uma fôlha de bôrdo.

Para o amor 
A relva descaída e duas luzes sobre o mar - 
Não deve um poema significar
Mas ser.

Arebibald MacLeisch
Arebibald MacLeisch
Enviado por RG em 13/11/2014


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras