Roberto Gonçalves

"Tudo vale a pena quando a alma não é pequena"

Textos


Encontros e Encantos
 
O mundo gira,
gira-mundo.
Gira rindo,
pára triste.
No passo do cavalo,
que passa sem destino,
caminha lento.
O sol se esconde 
na fresta da janela
da casa da donzela
que do riacho,
pés descalços,
um balde d`água carregando, volta.
No descaminho
caminha o bêbado
indiferente ao bem-te-vi.
Sobre a terra 

murmura o rio.
O amor convida 
e espera...
Nua aparece a lua.

 
 Roberto Gonçalves
RG
Enviado por RG em 15/11/2014
Alterado em 15/11/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras