Roberto Gonçalves

"Tudo vale a pena quando a alma não é pequena"

Textos


Meu querido e terno papai,
Pedi a mamãe que respondesse a linda carta que você me escreveu - distante de nós - em Brasília.
Primeiro quero lhe dizer da minha grande emoção quando mamãe me disse que tinha uma carta sua para mim. Depois, quero saber sobre os seus pensamentos, sobre esse mundo - as pessoas com as quais podem lhe ver e ver o seu sorriso, conversar e caminhar com você. 

Como você escreve bem - eu já sabia, mamãe já me havia dito. Algumas coisas que você disse agora - mais tarde - quando for grande, vamos conversar sobre elas. Você é poeta. Trocaremos muitas ideias e aprenderei muito com você.
Tenho certeza que a minha vida na terra será amparada, protegida por vocês dois, que me deram tudo tudo o que é necessário para que sejamos felizes.
Papai querido, queria lhe falar muito mais, mas mamãe está atarefada, e nos intervalos quando durmo, ela cuida das minhas coisas e lhe escreve.
Estou com muita saudade sua e espero que você volte rápído para junto de nós - vamos ter uma vida maravilhosa.
Que você me abençõe, e para você que é a nossa vida, o nosso amor, carinho e razão maior de tudo, os nossos abraços e beijos saudosos. Beijos do seu filho que muito te ama.
Roberto Alexandre
Roberto Alexandre Gonçalves
Enviado por RG em 20/03/2016
Alterado em 20/03/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras